Moro defende federalizar caso Marielle para proteger a família Bolsonaro, diz Freixo

Foto-Renan-Olaz-CMRJ

Deputado afirma que ministro é quem mais politiza assassinato

Do Blog do Kennedy

O deputado federal Marcelo Freixo (PSOL-RJ) disse que o ministro da Justiça, Sergio Moro, passou a defender a federalização do caso Marielle para a “proteção dos interesses privados” do presidente Jair Bolsonaro.

“Quando a família do presidente começa a ser investigada, ele [Moro] quer federalizar. Me parece que ele não está preocupado com a família da vítima”, afirmou Freixo, em entrevista ao “Jornal da CBN – 2ª Edição”. O deputado disse que o ministro da Justiça nunca telefonou para os familiares de Marielle.

Freixo disse que a atitude do ministro é algo “sem precedente na história da República”. Ele declarou ser “péssimo” para a investigação do crime a tentativa de federalizar um caso em andamento. Ele lembrou que a polícia prendeu os dois acusados de assassinar a vereadora Marielle Franco e o motorista Anderson Gomes.

O deputado também reagiu a uma crítica semelhante de Moro: “Quem politiza esse caso é o próprio ministro Sergio Moro”. Ele ressaltou que o porteiro é uma pessoa humilde, vive em área de milícia e está sofrendo pressão com uma investigação da Polícia Federal. Declarou que o Ministério da Justiça e a PF “não pertencem aos interesses privados do presidente”.

Ouça a entrevista:

Clique aqui e acesse a matéria completa.

A Mídia Alternativa precisa da sua ajuda! Clique aqui e saiba como você pode nos ajudar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *