Funcionários ocupam Casa da Moeda contra privatização

Foto: reprodução

Trabalhadores ocupam desde a tarde desta sexta-feira (10) a sede da Casa da Moeda, no Rio de Janeiro. Eles protestam contra o ataque aos direitos e o plano do governo Bolsonaro de vender a estatal.

A empresa tem aproximadamente 2 mil funcionários, e 137 pessoas aderiram aos dois planos de demissão voluntária lançados em 2019. A Casa da Moeda foi criminosamente incluída pelo desgoverno Bolsonaro, em 2019, no Plano Nacional de Desestatização.

Querem vender a empresa que produz o dinheiro que circula no Brasil.

Nenhum país soberano faz isso, somente uma colônia com governo fraco tipo o Brasil da atualidade entrega algo tão importante para a privataria.

TODO APOIO A OCUPAÇÃO!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *