A ditadura militar amordaçou candidatos no rádio e na TV

Foto: reprodução

Em 1976, a campanha eleitoral no rádio e na televisão foi bem diferente da atual. Para impedir a oposição de vencer as eleições municipais, a ditadura impôs ao Congresso a Lei Falcão, que limitava o horário eleitoral gratuito à exibição das fotos dos candidatos, com nome, número, partido e um breve currículo.

Liderada por nomes como Paulo Brossard e Franco Montoro, a oposição se retirou do plenário do Congresso para não compactuar com a aprovação do projeto. A reportagem de Guilherme Oliveira, para a seção Arquivo S, do Jornal do Senado, conta essa história.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *