“Serva de Deus” agride trabalhador e é presa por homofobia

“Serva de Deus” agride trabalhador e é presa por homofobia

junho 30, 2020 0 Por admin




Uma mulher foi presa nesse domingo (28) pelos crimes de homofobia, ameaça, dano, injúria mediante preconceito, lesão corporal e tráfico de influência, em Lucas do Rio Verde, a 360 km de Cuiabá.

Segundo o G1 ela queria uma passagem de ônibus, porém havia ultrapassado o limite de distância recomendável pelas autoridades sanitárias para a prevenção do novo coronavírus que delimita um espaço entre duas pessoas para garantir o distanciamento social, distância demarcada na empresa por correntes.

O rapaz agredido, na tentativa de orientá-la, passou a ser ofendido com palavras como “veadinho, bicha, odeio veado, vou te matar e veado não entra no céu”.

Confira o vídeo com a agressão:

Ela resistiu a prisão e chegou a dizer que era parente de uma autoridade do estado, na tentativa de intimidar a ação dos policiais.

Com informações do G1 e do Mídia Ninja