Pânico em Washington: míssil apocalíptico chinês poderia atingir EUA em apenas 30 minutos

Pânico em Washington: míssil apocalíptico chinês poderia atingir EUA em apenas 30 minutos

julho 13, 2020 0 Por admin

© Sputnik / Anna Ratkoglo




Da Sputnik Brasil

Os chineses possuem um míssil apocalíptico que é um “grande terror” para os EUA, já que seria capaz de atingir o território norte-americano em apenas 30 minutos, carregando até dez ogivas nucleares.

míssil balístico intercontinental chinês Dongfeng-41 (DF-41) é capaz de lançar de dez a 12 ogivas nucleares de orientação individual a uma distância de cerca de 14.000 quilômetros, o que o torna o segundo míssil de longo alcance do gênero do mundo.

Os detalhes sobre o DF-41 oficialmente não foram revelados, entretanto, ele preocupa seriamente os norte-americanos, já que o Centro de Estudos Estratégicos e Internacionais dos EUA afirmou que o míssil poderia atingir o país em apenas 30 minutos carregando até dez ogivas para diferentes alvos.

Veículos militares chineses demonstrando o míssil balístico DF-41 durante o desfile militar em homenagem aos 70 anos da criação da República Popular da China

© AP PHOTO / MARK SCHIEFELBEINVeículos militares chineses demonstrando o míssil balístico DF-41 durante o desfile militar em homenagem aos 70 anos da criação da República Popular da China

Anteriormente, o coronel aposentado do Exército de Libertação Popular (PLA, na sigla em inglês) Yue Gang comentou a intenção da China em conter a ameaça norte-americana.

“Embora não possamos competir com vocês [EUA], estamos desenvolvendo um equipamento exclusivo para que a América não se atreva a nos atacar primeira”, afirmou, conforme cita o tabloide britânico Express.

Atualmente, a China conta com aproximadamente 280 ogivas nucleares, 580 equipamentos militares e mais de 160 aviões de combate, drones supersônicos, mísseis hipersônicos e drones subaquáticos.

Dessa forma, Pequim deixaria um recado muito claro aos EUA, que por sua vez vêm tentando “flexionar seus músculos” na região disputada no mar do Sul da China.