abril 13, 2021

Guedes quer vender a Eletrobrás e Correios




Paulo Guedes, o ministro zumbi quer vender em 2021 quatro estatais: a Eletrobras, os Correios, o Porto de Santos e a PPSA (empresa que administra os contratos do pré-sal).

Segundo Guedes são “quatro privatizações óbvias”. O devaneio do ministro que vive sendo desautorizado pelo governo é tão grande que ele defende a entrega das estatais para “atrair investimentos e combater a corrupção”.

Ninguém acredita no Guedes.

Um exemplo do fracasso das privatizações é a falência da OI (telecomunicações), o apagão do Amapá e o soterramento de Mariana e Brumadinho que estão debaixo da lama privatizada da Vale que não é mais do Rio Doce.

A população é radicalmente contra a venda de empresas estatais. O Bolsonaro sabe disso e começou a criar uma narrativa a favor das estatais o que vai complicar a situação dos privatistas em 2021.

Recentemente, Bolsonaro participou da reinauguração da Torre do Relógio da Ceagesp. Promoveu aglomeração em pleno aumento de casos de covid-19 e ao disparar sua verborragia, descartou a privatização do entreposto chamando os privatistas de ratos.

Tomara que a esquerda, os sindicatos e os movimentos sociais se organizem e derrotem o Guedes preservando as estatais nas mãos do povo.

Por Flávio Rezende, Editor do Blog.