Cuba avança na produção de vacinas e planeja imunizar turistas que visitem a ilha

Cuba avança na produção de vacinas e planeja imunizar turistas que visitem a ilha

fevereiro 4, 2021 0 Por admin

Outros três imunizantes estão sendo desenvolvidos na ilha caribenha – Foto: Yamil Lage/AFP




Mais de cem milhões de doses da Soberana 2 serão desenvolvidas até o fim do ano

Redação – Brasil de Fato | São Paulo (SP)

Ouça o áudio:

Volta às aulas: até 30% off em Mochilas e uma seleção especial de roupas e calçados

Turistas que viajarem a Cuba serão convidados a se vacinarem contra a covid-19 com imunizantes desenvolvidos na ilha, segundo Vicente Vérez, diretor do Instituto Finlay de Vacinas de Havana (FIV).

Em vídeo que ganhou ampla repercussão no Twitter nesta quarta (3), Vérez declarou que mais de cem milhões de doses da vacina Soberana 2, a mais avançada nos estudos clínicos, serão produzidas em 2020. 

Vérez assegurou ainda que toda a população cubana, aproximadamente 11,3 milhões de pessoas, estará protegida contra o coronavírus até o fim do ano. As declarações foram cedidas em 22 de janeiro para a Telesur, .

“Os turistas terão a opção, se assim quiserem, de também se vacinarem em Cuba”, anunciou o diretor, em seguida. 

Os resultados finais da Soberana 02 estão previstos para serem divulgados em abril. 

Outros três imunizantes estão sendo desenvolvidos na ilha, que se consolidou como exemplo internacional no controle da pandemia.

No início desta semana, a vacina Abdala também entrou na fase 2 de testes em humanos. O imunizante foi assim nomeado em homenagem ao poema do revolucionário cubano José Martí e é produzido pelo Centro de Engenharia Genética e Biotecnologia de Havana

Ainda de acordo com a Telesur, cerca de 800 voluntários de 19 a 80 anos participam dos estudos que já foram iniciados em Santiago de Cuba, com estudos preliminares que sinalizam uma resposta imunológica positiva. 

As outras duas substâncias ainda estão na primeira etapa de desenvolvimento. São elas a Mambisa, administrada por meio de um spray nasal, e a Soberana 1, também desenvolvida pelo FIV. 

Protocolos sanitários

Segundo o Ministério da Saúde Pública de Cuba, 30.345 pessoas foram contaminados pelo coronavírus desde o início da pandemia. O total de vítimas fatais é de 225. 

Contra a alta de casos registradas nas últimas semanas, o governo implementa dezenas de medidas de prevenção desde o dia 14 de janeiro em Havana e outras províncias da ilha. 

Entre elas a suspensão do transporte público noturno e o fechamento de escolas, bares, praias e restaurantes. 

A partir do próximo sábado (6), todos os turistas que entrarem no país deverão passar por uma quarentena após a realização do teste PCR.

Edição: Leandro Melito