abril 12, 2021

Chefes de UTIs ligam ‘kit covid’ a maior risco de morte no Brasil

Dia de Finados no cemitério Campo da esperança em Brasília

© Marcello Casal JrAgência Brasil




Da BBC News Brasil

Defendido pelo presidente Jair Bolsonaro como estratégia de combate ao coronavírus, o chamado “kit covid” ou “tratamento precoce”, na verdade, contribui para aumentar o número de mortes de pacientes graves, disseram à BBC News Brasil diretores de Unidades de Terapia Intensiva (UTIs) de hospitais de referência.

Mais de um ano depois de a pandemia de coronavírus chegar ao Brasil, Bolsonaro continua defendendo a prescrição de medicamentos como hidroxicloroquina e ivermectina, embora diversas pesquisas científicas apontem que esses remédios não têm eficácia no tratamento de covid-19.

Neste vídeo, a repórter Nathalia Passarinho explica por que, segundo médicos de hospitais de referência, a defesa e o uso do “kit covid” contribuem de diferentes maneiras para aumentar as mortes no país. Confira.