abril 12, 2021

Argentina suspende voos do Brasil para conter avanço da covid-19

Avião da Embraer da empresa argentina Austral – Aerolíneas Argentinas

Medida não tem prazo para acabar e se soma aos vetos de pessoas vindas do Reino Unido, Irlanda, Chile e México

Redação Opera Mundi*

O governo da Argentina suspenderá todos os voos com o Brasil, Chile e México a partir deste sábado (27/03) para tentar conter a disseminação de novas variantes do coronavírus no país. A medida não tem prazo para acabar e se soma aos vetos de pessoas vindas do Reino Unido e Irlanda.

Além disso, todos os que chegarem ao território argentino vindo de países autorizados precisarão fazer um teste RT-PCR ao desembarcarem e um segundo exame sete dias depois, além de só poder embarcar apresentando um resultado negativo.

Também será exigido um período de quarentena obrigatória para todos que chegarem: estrangeiros deverão cumprir o prazo em um hotel e cidadãos deverão permanecer isolados em suas casas.

O temor do governo é que o descontrole de casos no território brasileiro também avance no país. Há algumas semanas há uma alta constante na quantidade de novas contaminações. A Argentina, segundo dados da Universidade Johns Hopkins, já registrou 2.278.115 casos da covid-19 e 55.092 mortes pela doença.

Já conforme o portal Our World in Data, foram aplicadas 3,3 milhões de doses das vacinas contra a covid-19 liberadas no país, o que equivale a 6% da população. 

*Com informações de ANSA.