Jorge Kajuru critica Bolsonaro e ressalta lisura do sistema eleitoral brasileiro

Jorge Kajuru critica Bolsonaro e ressalta lisura do sistema eleitoral brasileiro

fevereiro 18, 2022 0 Por admin

Roque de Sá/Agência Senado

Em pronunciamento, nesta quinta-feira (17), o senador Jorge Kajuru (Podemos-GO) defendeu o sistema eleitoral brasileiro e ressaltou a lisura do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), que vem sendo atacado constantemente por discursos de suspeição de pessoas sem compromisso com a democracia. O principal agente propagador desses discursos, enfatizou, é o presidente da República, Jair Bolsonaro.

— Há exatamente uma semana, o presidente voltou a colocar em dúvida a transparência do processo eleitoral. Mais: ainda afirmou que esse assunto não estava encerrado. Cabe, aqui, uma pergunta, pátria amada: ‘Se o dono nega a própria palavra, como acreditar que essa palavra pode conter alguma verdade?’ É mentira atrás de mentira. Por isso, o verdadeiro apelido deveria ser mitômano, que é quem tem compulsão por mentiras — afirmou Kajuru.

O senador declarou que desde que assumiu a Presidência, Bolsonaro começou a propagar que houve fraude na eleição de 2018. Por causa disso, foi intimado pelo TSE a apresentar provas, o que não conseguiu fazer. Não satisfeito, o chefe do Executivo também tentou, sem sucesso, restabelecer o voto impresso. O senador disse que espera do TSE uma posição firme no combate aos que tentarem desacreditar o processo eleitoral brasileiro.

— As mentiras vão se repetir e, até outubro, ou mesmo depois, a carga antidemocrática continuará. Mas não tenho dúvida de que os ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) — Edson Fachin, que assumirá a presidência do TSE por seis meses, e Alexandre de Moraes, que vai presidi-lo durante as eleições de 2022 — saberão enquadrar as tentativas de minar a credibilidade do processo eleitoral — disse Kajuru.

Fonte: Agência Senado