5 anos da morte de Fidel Castro: relembre 5 frases marcantes do líder cubano

5 anos da morte de Fidel Castro: relembre 5 frases marcantes do líder cubano

novembro 25, 2021 0 Por admin

Fidel Castro nasceu na cidade cubana de Birán em 1926 – Reprodução

Ao longo de seus 90 anos, 49 dos quais à frente da ilha comunista, Castro fez discursos que entraram para a história

Gabriela Moncau – Brasil de Fato | São Paulo (SP)

Há exatos cinco anos, em 25 de novembro de 2016, o mundo se despedia de Fidel Castro. Em Cuba, uma multidão ocupou as ruas entre os 900 km que separam Havana do monólito em Santiago de Cuba, onde repousam as cinzas do “comandante”.  

Castro esteve à frente do governo cubano desde o triunfo da revolução de 1959, da qual foi um dos líderes, até 2008. Já doente, passou a presidência ao seu irmão Raúl que, por sua vez, a entregou em 2018 ao atual governante comunista da ilha, Miguel Díaz-Canel. 

Especial: Sobre o comandante-chefe Fidel Castro

Ao longo dos seus 90 anos de vida, os biógrafos de Castro estimam que ele tenha feito cerca de 2.500 discursos. Conhecido por sua oratória e seus pronunciamentos de horas de duração (em 1959 bateu o recorde, falando por nove horas seguidas), Fidel teve sua trajetória política marcada por frases de grande impacto.  

1. “A história me absolverá”

Fidel tinha apenas 26 anos quando participou do frustrado ataque ao quartel Moncada, em Santiago de Cuba, em 26 de julho de 1953. Depois de 76 dias preso em uma solitária, fez sua própria defesa no julgamento.  

Terminou o discurso com uma de suas frases que se tornaria mais conhecida: “Não temo a fúria do tirano miserável que arrancou a vida de 70 dos meus irmãos. Condene-me, não importa, a história me absolverá”. E, de fato, foi condenado a 15 anos de prisão. Depois de 22 meses foi anistiado e se exilou no México.  

2. “Se saímos, chegamos; se chegamos, entramos; se entramos, triunfamos” 

Castro voltaria do México a bordo do iate Granma em 1956, acompanhado de mais 82 pessoas, entre as quais Che Guevara, Camilo Cienfuegos e Raúl Castro. A frase otimista era repetida pelo revolucionário cubano antes da viagem que os levaria para a guerrilha em Sierra Maestra.  

3. “Não nos enganemos crendo que tudo adiante será fácil; talvez tudo adiante seja mais difícil” 

A constatação foi feita em 8 de janeiro de 1959, em discurso que comemorou a derrubada do regime de Fulgencio Batista. Fidel Castro fez esse pronunciamento no marco da vitória da Revolução Cubana, em sua entrada triunfal em Havana. 

4. “Cessem a filosofia do despojo e cessará a filosofia da guerra” 

O discurso de Fidel Castro na Assembleia Geral da ONU em Nova Iorque, em 1960, durou 4 horas e 29 minutos. Nele, denunciou o que caracterizou de agressão imperialista e disse que Cuba já não mais recebia ordens da embaixada dos Estados Unidos. O embargo econômico estadunidense contra a ilha dura até os dias de hoje. 

5. “Não tenho nem um átomo de arrependimento” 

A frase fez parte da resposta a um questionamento feito pelo jornalista espanhol Ignacio Ramonet e consta no livro Cem horas com Fidel, publicado em 2006. Na ocasião, o líder cubano disse: “Cometi erros, mas nenhum estratégico, simplesmente tático. Não tenho nem um átomo de arrependimento pelo que fizemos em nosso país”.  

Edição: Leandro Melito